Dino: “Se houver caos social no Brasil só existe um responsável: o presidente da República”

POLÍTICA
25/03/2020

Em entrevista à CNN, no Expresso 360, com as jornalistas Monalisa Perrone e Daniela Lima, o governador Flávio Dino foi enfático ao dizer que os governadores continuarão unidos e seguindo todas as medidas de enfrentamento da crise sanitária.

Dino disse que o governo federal está “desorientado” e que a imagem que passa é como se houvesse vários governos federais, sendo um coordenado pelo presidente, um pelo vice-presidente e um pelo ministro da saúde.

O governador afirmou também que o presidente Jair Bolsonaro quer colocar a população contra os governadores e se eximindo da sua própria responsabilidade. “Quem gerencia a crise economica, que existe desde antes, é o presidente da República”, afirmou.

O chefe do executivo do Maranhão disse também que os governadores não querem disputa política partidária, nesse momento, mas sim que “o presidente da República pare de atacar a verdade, a ciência e os governadores”.

Ao ser questionado pela jornalista, Daniela Lima, sobre as declarações do presidente Bolsonaro de que a esquerda poderia se aproveitar do caos para tentar voltar ao poder, o governador Flávio Dino, afirmou que impressão que os governadores têm é que “Bolsonaro faz opção pelo caos”, mas o que eles desejam é que ele governe. “Se houver caos social no Brasil só existe um responsável: o presidente da República. Porque se ele não tomar as medidas isso pode, infelizmente, acontecer e nós não queremos”, frisou.

NENHUM COMENTÁRIO

ESCREVA SEU COMENTÁRIO:

O seu endereço de e-mail não será publicado.

ESPAÇO PARA TWITTER